segunda-feira, 27 de julho de 2009

Destino sem volta


Como isso acabou
E tudo passou
Que mal eu fiz
Para não ser feliz,

Saudade de querer voltar
Ver de perto aquele amor
Que tanto me fez saltar
E curou-me da dor,

A dor inesquecível
A saudade de querer voltar
Destino sem volta
Aquilo que nunca sonhei

Será! Que viver sem voltar
Sem ver os seus olhos
Perto dos meus
Sendo vizinho da felicidade,

È tanta a saudade de querer voltar
Mais sei que o nosso destino é sem volta,
Hoje vivo! Sem te esquecer
Sem se querer fugires da minha memória.

Tradução Florentino calei
Escrito por ricardo calengue
....................................................
I destine without turn

As that ended
And everything passed
That badly I did
For not being happy,

Longing of wanting to return
To see that love closely
That so much made to jump me
And it cured me of the pain,

The unforgettable pain
The longing of wanting to return
I destine without turn
That that I never dreamed

It will be! That to live without returning
Without seeing your eyes
Close to mine
Being neighboring of the happiness,

So much È the longing of wanting to return
More knows that our destiny is without turn,
Today alive! Without forgetting
Without her to want escape from my memory.

sábado, 25 de julho de 2009

So Fico Mau



vejam o meu bairro, em tempos de paz.e em momento de recontrução.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Vou dizer-te



Dizer-te que eu vi…
Vi a onda do mar enforcando alguns grãos de areia
Os peixes à procura de refúgio
Vou dizer-te que sou!

Sou o mesmo que um dia te vi
Vi o nosso amor a nascer
Estive presente quando morreu
Nas nossas próprias mãos

Vou dizer-te que as nossas mãos
Foram culpados pelo fracasso dos nossos corações
Corações que um dia estavam ligado,
Ligado em USB do amor

Dizer que tens culpa!... é uma injustiça
Aquela que pode alterar o meu coração
De muita solidão.

Vou dizer-te que a voz do meu sentimento
Me disse ainda te amo!
Com aquele amor que senti desde que te vi
Cheio de ternura estavam os seus olhos olhando para os meus

Vou dizer-te
Que ainda eu sou
Aquele que conhece o amor verdadeiro
Conforme ele é!

Vou dizer-te
E digo que te amo.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

G8 diz que ainda existem perigos para economia global



Os líderes do G8 acreditam que a economia mundial ainda enfrenta "riscos significativos" e pode precisar de mais ajuda, de acordo com os esboços dos comunicados da cúpula do grupo, que mostram ainda um fracasso em se alcançar metas sobre mudança climática para 2050.
Os esboços, obtidos pela Reuters, dizem ainda que as estratégias de saída das políticas de estímulo ao crescimento podem ser feitas "uma vez que a recuperação esteja assegurada".
"Antes que haja alguma conversação de estímulo adicional, eu pediria que todos os líderes foquem antes em assegurar que o estímulo já anunciado ocorra", disse o primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, antes do início da cúpula.
O Grupo dos 8 (G8) --formado por Estados Unidos, Alemanha, Japão, França, Grã-Bretanha, Itália, Canadá e Rússia-- iniciarão a cúpula com um debate sobre a crise econômica.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Investimentos públicos mudam imagem da vila da Catumbela enquanto que o hospital è um novo centro de vendas de bebidas alcoólicas



Fruto dos investimentos públicos do governo a vila da Catumbela tem, actualmente, nova imagem para o orgulho dos seus habitantes.
Enquanto o hospital da Catumbela ficou num novo centro de bebidas alcoólicas, pelo que constatei nas minhas andaças num domingo a tarde mas de dois cidadãos fassia-se das suas com mas de três cucas nas mãos.
A construção da Marginal do rio Catumbela, bem como da nova ponte são, dentre outros, os ganhos, que a comuna vai ter e que deixam satisfeito, tristes e orgulhoso os residentes da circunscrição.
A comuna, com uma população estimada em 200 mil habitantes, é um manancial de locais turísticos e culturais que, por iniciativas do Governo e dos privados, têm conhecido trabalhos de restauros.

Catumbela, cujo nome é de origem de um soba que reinou a região chamado Quitumbela, é a mais antiga vila em relação a cidade do Lobito e a sua população é de origem diversa.

florentino calei

sábado, 4 de julho de 2009

A oposição angolana não acorda (projecto de 1 milhão de casas


Mesmo depois das eleições legislativas de Setembro de 2008 em que o MPLA ganhou com uma margem histórica, prometendo, entre outras, a construção um milhão de habitações, a oposição não despertou e nem sei se um dia vai despertar, no sentido de ter capacidade e sagacidade para questionar este projecto com argumentações sustentáveis.
Com este tipo de oposição é mais do que justo que o MPLA continue no poder por mais longos anos. Até parece que a oposição "colabora" no trabalho do MPLA em vez verificar os seus erros e desvios.
Senão vejamos ... durante a campanha, o MPLA prometeu construir um milhão de habitações. Depois das eleições, o MPLA de forma muito hábil alterou o discurso, mudando a palavra habitação por focos habitacionais, o que não é a mesma coisa e altera em muito o conceito da construção e a sua qualidade intrínseca.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

III FÓRUM NACIONAL DE PERFORMANCE NEGRA


Comunicados de Imprensa e Poesia ao ViVo.
‏III Fórum Nacional de Performances Negras, que acontecerá em Salvador- Bahia- Brasil, de 6 a 9 de julho, reunindo mais de 200 artisats das áreas de teatro e dança, de grupos diversos, formado por artistas negros de todo o pais. na oportunidade, serão exibidas, peças e coreografias e, em paralelo, oficinas e palestras. No anexo, todas as infomações e propostas do evento, que visa estimular políticas públicas para a promoção da igualdade racial, por meio das artes.