quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Namoro


O namoro é uma instituição de relacionamento interpessoal não moderna, que tem como função a experimentação sentimental e/ou sexual entre duas pessoas através da troca de conhecimentos e uma vivência com um grau de comprometimento inferior à do matrimónio. A grande maioria utiliza o namoro como pré-condição para o estabelecimento de um noivado ou casamento, definido este último ato antropologicamente como um o vínculo estabelecido entre duas pessoas mediante o reconhecimento governamental, religioso ou social.
Com a evolução da tecnologia, já é comum encontrar casos de pessoas cujo namoro se dá através das modernas formas de telecomunicações, como o telefone ou a Internet. Assim, sendo, casais podem namorar apesar de estarem em estados, países ou continentes distintos
O namoro é uma forma de convivência, onde duas pessoas que se gostam passam bastante tempo juntas. Não existe idade certa para começar a namorar, porque as pessoas são diferentes umas das outras e cada uma sente o momento certo para iniciar esta experiência. As razões para namorar podem ser diversas: amor, atração física, companheirismo, curiosidade, afinidades diversas, etc... Mas o fato é que, uma vez iniciado o namoro, surge uma boa oportunidade para conhecer melhor o outro, para fazer a descoberta do verdadeiro outro. Durante o tempo de namoro, o amor se desenvolve e se aperfeiçoa.

Florentino calei

domingo, 23 de agosto de 2009

Melaço


O mel que invade a minha alma
Que deixa o meu coração sem chama
O fogo que entra em cada momento
O poder da paixão atormentado

Carinho que diz o que eu quero
O sabor da verdadeira face do amor
A angústia do meu viver
A felicidade que me faz crescer

Melaço! A melhor alma dos Deuses
Melhor vinho do amor
Carícia do momento
A vitória de todas as paixões;

Sonhos de querer não estar acordado,
Mel… carinho do sucesso e da verdade
Sentido do desejo e da paixão…
Querer ser e não ser de verdade

Viver enganado a vida inteira
Esconder-se dentro duma esteira
O feitiço que vêem sem agente querer
Nem em cada instante aceita dizer! …

Amo para ser amado
Vivo para ser feliz
Não luto para ser enganado
Muito menos para ser infeliz

Que sabor é este que nos condena!
Mel! Melaço para vida toda…

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Em Tempos


Em Tempos

Em tempos, amamos
Em tempos, sonhamos
Em tempos, sofremos
Em tempos, estivemos longe da realidade
Em tempos, estivemos loucos e apaixonados por uma vaidade

Em tempos, vivemos um grande amor e descobrimos que era triste
Em tempos, o sorriso passou a ser uma tristeza
As lágrimas passaram a transformar um homem forte.
Em cada segundo que o tempo passa o amor é uma certeza

Em tempos, sorriamos dentro de uma mentira e fomos felizes.
Em tempos, cantávamos que a felicidade era para sempre
Em tempos, expulsamos a solidão chamávamos a felicidade
Em tempos, corremos a traz dos sonhos encontramos desprezo.

Florentino eu

domingo, 9 de agosto de 2009



O Grémio de artes “Elongiso”, do Bairro da Santa Cruz/Lobito, Realizará uma actividade denominada “Tarde de Música Gospel” no dia 16 de Agosto de 2009, no Salão Calunga da Santa Cruz. pelas 14 horas. e covida a todos os entereçados a partiçiparem da mesma,basta doar um quilo ou mas de alimento.Venha asistir o poder de louvar a Deus,segundo o Coordenador Júlio Lofa Martinho.

A actividade está enquadrada no projecto “Noite Cultural 2/2009, que é uma iniciativa do Grémio de artes Elongiso com o suporte da AJS – Associação Juvenil para a Solidariedade, que visa promover a cultura nacional na descoberta de novos valores no mundo do Teatro, Música, Poesia, Dança e outras artes.

domingo, 2 de agosto de 2009










Possas estou cansado com estas longas filas, se a ponte de minhõeis, já está pronta porque é que não enaucuram......?
Estão aspera do ali Baba.

está situacão, é que conplica então algo que é do povo para enaugurar só tinha que ser o Ali baba!!! mas porra!!! isto ate quando vai mudar? no fim do mundo.