quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Feliz Natal

Aquele velhinho sempre povoou os meus sonhos!


Ao acordar, eu olhava e não o via...

O saco de brinquedos era minha adoração!

Ao acordar, eu procurava e não o encontrava.

O sapato, na janela, continuava vazio...

Em cada aniversário dele, eu sonhava e buscava.

E os sinos repicando na torre da Igreja

Blém - blom...blém-blom... blém-blom

Pareciam me dizer: desilusão...desilusão...desilusão...

O tempo foi passando, a dor eu acalentando,

Até que entendi que o brinquedo era simbólico

Que o velhinho não existia

Que aquele, era o dia da Salvação!

Que Maria deu seu filho Jesus

para a nossa Redenção!

Com alegria percebi

que os sinos mudaram o som

que em mim agora ecoava

a palavra coração...coração...coração...

E o espírito do Natal, eu comecei a viver!
Feliz Natal!

Que você possa ter a alegria de vivê-lo em sua plenitude!
Um Ano Novo cheio de paz!

Ouvindo sempre os sinos do amor fraterno,

da solidariedade, da compreensão.

8 comentários:

Hana disse...

Encerra-se mais um ano em sua vida...
Quando este ano começou, ele era todo seu.
Foi colocado em suas mãos...
Podia fazer dele o que quisesse...

Era como um Livro em Branco, e nele você podia ter um poema, um pesadelo uma blasfêmia, uma oração.


Podia... Hoje não pode mais, já não é seu.É um livro já escrito......Concluído...
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e não poderá corrigi-lo.
Estará fora de seu alcance.

Portanto... Antes que termine este ano, reflita, tome seu velho livro e folheie com cuidado...

Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência;
Faça o exercício de ler a você mesmo.
Leia tudo......

Aprecie aquelas páginas de sua vida em que usou seu melhor estilo.
Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito.

Não.......Não tentes arrancá-las. Seria inútil... Já estão escritas.
Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que será entregue

Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins.

Para escrever o seu novo livro, você cantará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superficie do seu mundo.
Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do Criador.
Não importa como esteja...


Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras: Obrigado e Perdão!!!

E, quando o novo ano chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco, todo seu, no qual irá escrever o que desejar...


FELIZ LIVRO NOVO
Feliz natal
comc arinho
Hana

Hana disse...

Encerra-se mais um ano em sua vida...
Quando este ano começou, ele era todo seu.
Foi colocado em suas mãos...
Podia fazer dele o que quisesse...

Era como um Livro em Branco, e nele você podia ter um poema, um pesadelo uma blasfêmia, uma oração.


Podia... Hoje não pode mais, já não é seu.É um livro já escrito......Concluído...
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e não poderá corrigi-lo.
Estará fora de seu alcance.

Portanto... Antes que termine este ano, reflita, tome seu velho livro e folheie com cuidado...

Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência;
Faça o exercício de ler a você mesmo.
Leia tudo......

Aprecie aquelas páginas de sua vida em que usou seu melhor estilo.
Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito.

Não.......Não tentes arrancá-las. Seria inútil... Já estão escritas.
Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que será entregue

Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins.

Para escrever o seu novo livro, você cantará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superficie do seu mundo.
Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do Criador.
Não importa como esteja...


Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras: Obrigado e Perdão!!!

E, quando o novo ano chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco, todo seu, no qual irá escrever o que desejar...


FELIZ LIVRO NOVO

com carinho
Hana

José Sousa disse...

Meu grande amigo Florentino! Tu não és só um amigo, és também um irmão! Tens o génis de gente que um dia me deram a vida, me salvaram da morte! És um irmão que sempre lembro e me fazes sentir apegado a essa nossa terra, onde um dia bebi água, onde aprendi a comer coisas boas, onde aprendi a respeitar os mais velhos, omde aprendi que todos eramos irmãos.

Um abraço, do fundo do coração, e desejo para ti e toda a tua familia Muitos felizes Natais.

soninha disse...

Passei para desejar-te tudo de bom neste final de ano.Que o nosso Deus Maravilhoso te cubra com as mais ricas bênçãos de Paz,Luz,Saúde,Amor,Harmonia e tudo mais que te for necessário ao teu crescimento espiritual.Um forte abraço,

ParadoXos disse...

Festas felizes, deixo
2011 abraços em prosperidade!

:-)

Heduardo

Hana disse...

Oi amigo, vim deixar meu carinho.
Hana

José Sousa disse...

Oi querido amigo Calei!
Este seu artigo está muito interessante, gostei mesmo. Sempre venho ler-te mas nem sempre tenho tempo para comentar. Bom ano pra ti e familia .

HSLO disse...

Oi sumido, como vai?
Apareça em meu blog depois e confira o novo visual dele.

Feliz 2011;.
abraços
de luz e paz

Hugo