sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Em Tempos


Em Tempos

Em tempos, amamos
Em tempos, sonhamos
Em tempos, sofremos
Em tempos, estivemos longe da realidade
Em tempos, estivemos loucos e apaixonados por uma vaidade

Em tempos, vivemos um grande amor e descobrimos que era triste
Em tempos, o sorriso passou a ser uma tristeza
As lágrimas passaram a transformar um homem forte.
Em cada segundo que o tempo passa o amor é uma certeza

Em tempos, sorriamos dentro de uma mentira e fomos felizes.
Em tempos, cantávamos que a felicidade era para sempre
Em tempos, expulsamos a solidão chamávamos a felicidade
Em tempos, corremos a traz dos sonhos encontramos desprezo.

Florentino eu

Sem comentários: