domingo, 23 de agosto de 2009

Melaço


O mel que invade a minha alma
Que deixa o meu coração sem chama
O fogo que entra em cada momento
O poder da paixão atormentado

Carinho que diz o que eu quero
O sabor da verdadeira face do amor
A angústia do meu viver
A felicidade que me faz crescer

Melaço! A melhor alma dos Deuses
Melhor vinho do amor
Carícia do momento
A vitória de todas as paixões;

Sonhos de querer não estar acordado,
Mel… carinho do sucesso e da verdade
Sentido do desejo e da paixão…
Querer ser e não ser de verdade

Viver enganado a vida inteira
Esconder-se dentro duma esteira
O feitiço que vêem sem agente querer
Nem em cada instante aceita dizer! …

Amo para ser amado
Vivo para ser feliz
Não luto para ser enganado
Muito menos para ser infeliz

Que sabor é este que nos condena!
Mel! Melaço para vida toda…

Sem comentários: