quarta-feira, 29 de setembro de 2010

VEM, AMOR

vem, amor

vem
vamos sentir o frio dos meninos
que ficaram sem ninguém
vem, amor
vem
sob o braço prateado da noite de luar
ouvir o eco da morte e da vida
e ecoar
nossa grandeza






5 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Florentino! Muito profundo com tão poucas palavras. Parabéns!.

Abraços,

Furtado.

Rosane Marega disse...

Oieeee, meu querido amigo Florentino, eu ja estava preocupada com o seu sumiço, estas bem?
Nossa, que bom receber sua visita.
Beijos em seu coração

Janinha Maciel disse...

Belas palavras amei

Tatiana disse...

Ahh...o amor...capaz de tantas coisas!!!
Obrigada Florentino, pelo seu comentário la no blog!!
Bjs.

Emanuela. disse...

pelo menos espero que sim