segunda-feira, 15 de junho de 2009

Presidente russo faz visita oficial a Angola em Junho


O Presidente da Federação Russa, Dmitri Medvedev, realiza uma visita oficial a Angola no dia 26 de Junho e leva o relançamento das relações entre Luanda e Moscovo como tema principal de agenda, anunciou, esta sexta-feira, à Agência Lusa, uma fonte oficial.
A visita de Medvedev a Angola está a ser preparada há várias semanas.
O tema foi discutido com as autoridades de Moscovo pelo ministro das Relações Exteriores (Mirex) de Angola, Assunção dos Anjos, quando visitou a capital da Federação russa.
Os últimos passos preparatórios para a deslocação de Medvedev a Luanda foram dados durante a recente presença de um enviado especial do Chefe de Estado da Rússia a Luanda, Alexey Vassiliev, que se encontrou com as autoridades angolanas, incluindo o Presidente José Eduardo dos Santos.
O programa da visita de Medvedev a Luanda ainda não está totalmente definido, mas deve incluir a assinatura de acordos bilaterais de cooperação. Entre os quais um de promoção e protecção recíproca de investimentos.
As áreas da cooperação económica, técnico-científica e comercial para o período 2009-2013, da protecção recíproca de investimentos, do ensino superior, da formação de quadros e da hotelaria e turismo constam dos possíveis acordos a consolidar com a visita de Medvedev.
A presença de Medvedev em Luanda surge como consequência natural da intensificação das relações entre os dois países e, como define o protocolo, em resposta a uma visita do Presidente José Eduardo dos Santos à Rússia, em 2006.
O petróleo e os diamantes são os produtos que dominam as relações comerciais entre os dois países. A empresa russa Alrosa actua nas minas angolanas.
O primeiro acordo entre Moscovo e Luanda, denominado Tratado de Amizade e Cooperação, foi assinado em 1976. Trinta anos depois, o Chefe de Estado angolano visitou a Federação Russa.
Na altura, os dois países rubricaram dez acordos.
Entre os quais o memorando de compensação mútua entre a companhia Lukoil Overseas Holding e a Sonangol, o protocolo de cooperação entre a Companhia de acções Alrosa e a Endiama e o memorando de entendimento entre a Sonangol e a Gazprom.

Florentino calei

Sem comentários: