sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Delegação angolana assiste exéquias das vítimas de atentado de Cabinda


Luanda - Uma delegação governamental angolana assistiu hoje, em Lomé, Togo, às exéquias das duas vítimas do atentado terrorista de 08 de Janeiro, em Cabinda, contra a comitiva togolesa que deveria participar na Taça de África das Nações Orange Angola2010.
Momentos após os funerais, a comitiva, chefiada pelo ministro das Relações Exteriores, Assunção dos Anjos, e integrada pelo titular da pasta da Saúde, José Van-Dúnem, o assessor diplomático da Presidência da República, Carlos Alberto Fonseca, entre outros altos funcionários do Estado angolano, foi recebida pelo presidente togolês, Faure Gnassingbe.
As autoridades locais, segundo uma fonte oficial angolana, salientaram publicamente a forma inequívoca como o governo angolano qualificou o “hediondo atentado terrorista” contra a caravana do seu país.
Desde a noite de quinta-feira em Lomé, a delegação foi recebida com muita cordialidade pelas autoridades, entre as quais o chefe da diplomacia do Togo, Esaw Hoffi, salientou.

1 comentário:

Lumenamena disse...

Venho retribuir a minha visita e, virei ler teu blog, que acho interessante, informa as notícias sobre Angola.

Um Grande Abraço,
Lumena