domingo, 17 de janeiro de 2010

Seleccionadr angolano considera jogo com Argélia o mais difícil


O seleccionador nacional Manuel José apontou o jogo frente a Argélia, a disputar-se segunda-feira no Estádio Nacional 11 de Novembro, em
Luanda, o mais difícil, por se tratar de um encontro decisivo para qualificação ou não dos Palancas Negras.
Falando em conferência de imprensa, na antevisão do desafio com os argelinos, o técnico português disse que o adversário deverá entrar com a máxima força, porque precisa vencer para garantir a qualificação sem depender de terceiros, ao passo que o empate apura os angolanos.
Deste modo, Manuel José considera o desafio, referente a última jornada da primeira fase, mais difícil que os anteriores, tendo em conta a sua importância
e carácter decisório.
Sublinhou que conhece bem a selecção argelina, destacando o facto de possuir jogadores muito altos e ser eficaz nas bolas paradas. “Eles são mais altos, mas nós somos baixos e mais rápidos, ao contrário do adversário, jogamos de pé para pé praticando um bom futebol”, frisou.
Reiterou a intenção de terminar em primeiro lugar do grupo A para continuar a jogar em Luanda. “Se acontecer, vamos jogar com o Ghana ou Burkina Faso”,
salientou, acrescentando que se tiver que jogar em Cabinda, caso termina em segundo, também contará com o apoio dos angolanos.
Angola e Argélia defrontam-se segunda-feira, às 17 horas, no Estádio Nacional 11
de Novembro. Os angolanos, com quatro pontos, lideram o grupo, seguido pelo
Malawí e argelinos com três pontos cada e Mali com apenas um.
Fonte-angop

3 comentários:

HSLO disse...

Eu não conhecia...ele.


abraços
em tua alma.

Everson Russo disse...

Meu amigo, bom conhecer novas historias, novas culturas, prazer imenso recebe lo no Livro dos Dias, volte sempre que desejar, sinta se em casa, obrigado pelas palavras, um fraterno abraço e uma bela semana pra ti.

KImdaMagna disse...

...agradável sempre o encontro com um Mangolé.

Vives no Lobito ou Benguela?

sou nato do Sumbe
obrigado pelo comentário e aparece sempre....


xaxuaxo