domingo, 28 de fevereiro de 2010

Actor angolano Junta os trapos



Neste fim-de-semana sábado 27de Fevereiro eu fui convidado para um casamento no Lobito.
O casamento é composto por duas etapas: uma tradicional, chamada Alambamento, e o outro padrão, nas igrejas. Eu fui para a tradicional.
Antes da festa o homem deve entregar ao pai da noiva uma carta pedindo a mão dela em casamento. Isto deve ser feito formalmente, em um encontro na casa do pai. se o pedido for aceito pode-se dar início aos preparativos do evento.
No dia do casamento a mulher se veste com um fato, uma roupa típica do país, e o homem se veste com uma camisa social, terno e gravata. É assim que o actor Silva Vitorino juntou os trapos com a jovem Elma numa cerimónia tradicional que o Actor Silva casou com 26 anos de idade. Os jovens que namoram a 5 anos até que fim está ai a mostra.
Felicidade pra eles. Votos de que todo de bom na vida do casal

10 comentários:

Irene disse...

Olá !!!!!!!!

Esse momento de união matrimonial é sempre muito especial, pois consolida o amor entre duas pessoas.
Aqui, no Brasil, as tradições para o casamento são diferentes, mas eu gostei de conheçer as tradições para o casamento em sua terra natal....muito interessante.

Um abraço !!!!!!!!!!

HSLO disse...

Hum...adoro casamentos.


abraços


Hugo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Que lindo! Adoro casamentos!!!

Sabe tão bem...

Sabe tão bem...
Quando o silêncio da noite vem a cair
Haver nos olhos o brilho da felicidade
Haver alguém a nosso lado para amar.

Sabe tão bem...
Fazer Amor e aninhado ficar a sonhar
Que voamos sobre as luzes da cidade
Tendo o céu para desvendar e colorir.

Sabe tão bem...
Puxar os lençóis para sentir outro calor
Mover o corpo no sentido de encontrar
O apelo do desejo que o sono engana.

Sabe tão bem...
Deixar correr o pensamento que emana
E nesse momento saber onde procurar
Tudo o que é preciso para viver o Amor.

Sabe tão bem...
Adormecer com uma esperança já definida
No sorriso que em nossa boca aflora o dia
Ciente que o amanhã virá com a verdade.

Sabe tão bem...
Por fim haver a força que faz da realidade
Uma passagem para ir feliz na companhia
De tudo o que sabe tão bem em nossa vida.



F. Corte Real

Beijos, querido!
Renata

Kimbanda disse...

Olá Florentino,
Conheço bem os costumes, aliás das várias zonas do país.
Felicidades ao casal e a ti agradeço teres passado pela minha humilde cubata.
Lá respondo sempre aos comentários dos meus leitores.
Também vivi no Lobito e, tenho duas filhas, as mais velhas, nascidas uma em Benguela outra no Huambo.
Kandandos e tudo de bom para ti.

Duh Franzen disse...

Felicidades para os noivos!!!

Agradeço a visita ao meu espaço...tbm fico por aqui...rs
Abs

Ronaldo disse...

felicidades ao casal.

lembrei de meu casamento ao ler esse post....

abs
boa semana

Hazel disse...

Pois muitas felicidades para os noivos que juntaram os trapinhos!!

Muito obrigada pelas visitas e pelos gentis comentários, Florentino.

Vou adicionar-me aos seguidores do teu blogue.

Abraço!

Valéria disse...

Que bela tradição de Angola, gosto deste país.

BeijooO'

poetaeusou . . . disse...

*
uma bela
história de amor,
felicidades aos noivos .
,
saudações,
,
*

Luxa disse...

Hummmm.....tambem adoro casamentos e sabem porquê??!!
PELO BOLO DOS NOIVOS sómente e.....tambem olhar a felicidade estampada no olhar dos noivinhos que após tantos planos finalmente deram o NÓ o chamado SIM.....
PARABÉNS