quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

CADA UM QUE PASSA EM NOSSA VIDA


Cada um que passa em nossa vida
Abre um caminho
E chove, e faz sol
E o caminho se esvai

Cada um que passa em nossa vida
Deixa um carinho
Um misto de flor e espinho
Que dói quando a gente se vai

Há aqueles que são
Um caminho tão longo
Que se abre um vão

Há aqueles que não...
Mas trajetos tão curtos
Nunca passam do chão

Cada um que passou
Tomou sua direção;
Cada um que ficou
Gravou sua canção.

Cada um que passa em nossa vida
Abre uma ferida
Que pede remédio
Que quer atenção

E a nossa saída
É cuidar das feridas
E mandá-las, saradas,
Para o coração.

2 comentários:

Lueji - Rainha da Luz disse...

EU TAMBÉM ESTOU A APRENDER...
OBRIGADO

José Sousa disse...

Obrigado por estar a seguir o meu blog. gostei de ler isso que escreveu, está espectacular. Onde é que o amigo mora?
um abração