sábado, 24 de julho de 2010

VEM, AMOR

vem, amor

vem
vamos sentir o frio dos meninos
que ficaram sem ninguém
vem, amor
vem
sob o braço prateado da noite de luar
ouvir o eco da morte e da vida
e ecoar
nossa grandeza

5 comentários:

Hana disse...

Querido amigo, vim deixar meu abração a vc e a toda Angola, com muito afeto leio seus post e adoro tudo!!
com carinho
Hana

HSLO disse...

Hum...sensível essa postagem.


abraços

Hugo

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Florentino! Passando para te desejar um ótimo domingo e apreciar mais um lindo poema. Amei!

Abraços,

Furtado.

Rosane Marega disse...

Oiee Florentino, passei para deixar um beijo e te desejar um domingo lindo!

Lucimara Souza disse...

Que lindo, amigo!
Grande beijo pra vc.